FACEBOOK
POSTAGENS
Crie o seu avatar
PARCEIROS DO FOGE
Últimos assuntos
TWITTER

Copa do Mundo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Copa do Mundo

Mensagem por MariAvila em Seg Fev 18, 2013 10:48 am

Tema: Copa do Mundo no Brasil

Antes da fase de grupos, a fase de preparação para a Copa

Nada mais justo que o Brasil, país da seleção mais vencedora do futebol mundial, seja sede da próxima edição da maior competição do esporte, a Copa do Mundo. Atualmente a sexta maior economia mundial, o país do futebol, ao sediar um evento dessa magnitude, tem sua capacidade de organização posta à prova, e, faltando pouco mais de um ano para o referido torneio, há, ainda, muitas obras a serem concluídas.

Em dissonância com sua atual posição no cenário econômico mundial, o Brasil possui precária infraestrutura quando comparado aos chamados países de primeiro mundo. Dessa forma, diversas obras passaram a ser feitas para sanar o problema, porém muitas estão atrasadas. Diversos fatores contribuíram para tal situação, tais como a elevada burocracia da máquina pública e a polêmica decisão do Governo Lula de sediar a Copa em quase todas as capitais nacionais. Cidades como Cuiabá, Manaus e Brasília terão estádios faraônicos que receberão, em média, três jogos do torneio e depois tendem a serem pouco utilizados, visto que não possuem times de expressão no futebol nacional.

O ex-jogador e atual deputado federal, Romário, declarou recentemente que os políticos brasileiros tinham interesse no atraso das obras de revitalização, uma vez que as licitações feitas em regime de urgência são mais facilmente fraudadas e as obras teriam um custo mais elevado. Infelizmente, dado o histórico recente de corrupção do poder público, a declaração do Romário tem sentido. Outro indício de que a Copa do Mundo transformou-se em ferramenta de concessão de privilégios a grupos influentes na política nacional é o caso de São Paulo. Nessa cidade há o Morumbi, um estádio que precisaria apenas de reformas para estar apto a sediar o torneio. Porém, o Estado optou por construir um estádio em parceria com o Corinthians, o qual terá um custo aproximadamente quatro vezes superior à reforma do Morumbi.

É inegável que o maior legado da Copa do Mundo será a revitalização da infraestrutura, porém a pergunta a ser feita é: precisávamos sediar a Copa para investir na modernização de nossas capitais? Obviamente, a resposta é não. Enquanto setores fundamentais para o bem estar coletivo - como saúde, segurança e educação - agonizam à espera de soluções, o Estado embrenha-se em um complexo jogo de interesses para fazer um Brasil pra "gringo ver".

MariAvila
Membro Destaque
Membro Destaque

Mensagens: 9
Data de inscrição: 15/02/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Copa do Mundo

Mensagem por Kickletter em Qua Fev 20, 2013 6:21 pm

Antes da fase de grupos, a fase de preparação para a Copa

Nada mais justo que o Brasil, país da seleção mais vencedora do futebol mundial, seja sede da próxima edição da maior competição do esporte, a Copa do Mundo. Atualmente a sexta maior economia mundial, o país do futebol, ao sediar um evento dessa magnitude, tem sua capacidade de organização posta à prova, e, faltando pouco mais de um ano para o referido torneio, há, ainda, muitas obras a serem concluídas.

Em dissonância com sua atual posição no cenário econômico mundial, o Brasil possui precária infraestrutura quando comparado aos chamados países de primeiro mundo. Dessa forma, diversas obras passaram a ser feitas para sanar o problema, porém muitas estão atrasadas. Diversos fatores contribuíram para tal situação, tais como a elevada burocracia da máquina pública e a polêmica decisão do Governo Lula de sediar a Copa em quase todas as capitais nacionais. Cidades como Cuiabá, Manaus e Brasília terão estádios faraônicos que receberão, em média, três jogos do torneio e depois tendem a serem pouco utilizados, visto que não possuem times de expressão no futebol nacional. [NÃO ACHOU ESSE PARÁGRAFO LONGO DEMAIS?]

O ex-jogador e atual deputado federal, Romário, declarou recentemente que os políticos brasileiros tinham interesse no atraso das obras de revitalização, uma vez que as licitações feitas em regime de urgência são mais facilmente fraudadas e as obras teriam um custo mais elevado. Infelizmente, dado o histórico recente de corrupção do poder público, a declaração do Romário tem sentido. Outro indício de que a Copa do Mundo transformou-se em ferramenta de concessão de privilégios a grupos influentes na política nacional é o caso de São Paulo. Nessa cidade há o Morumbi, um estádio que precisaria apenas de reformas para estar apto a sediar o torneio. Porém, o Estado optou por construir um estádio em parceria com o Corinthians, o qual terá um custo aproximadamente quatro vezes superior à reforma do Morumbi. [NÃO ACHOU ESSE PARÁGRAFO LONGO DEMAIS?]

É inegável que o maior legado da Copa do Mundo será a revitalização da infraestrutura, porém a pergunta a ser feita é: precisávamos sediar a Copa para investir na modernização de nossas capitais? Obviamente, a resposta é não. [NÃO É INTERESSANTE LEVANTAR UMA QUESTÃO NA CONCLUSÃO, PRINCIPALMENTE EM SE TRATANDO DE UMA REDAÇÃO COM PARÁGRAFOS LONGOS COMO A SUA] Enquanto setores fundamentais para o bem estar coletivo - como saúde, segurança e educação - agonizam à espera de soluções, o Estado embrenha-se em um complexo jogo de interesses para fazer um Brasil pra "gringo ver".

-----------------------------------------

NOTA(S) DE CORREÇÃO: tome cuidado com as redações longas demais. Será que tudo isso realmente caberia em uma folha de redação onde, no máximo, 30 linhas são permitidas? Preze objetividade, não detalhamento!


COMENTÁRIOS:
1) Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita: parabéns pelo ótimo domínio da norma padrão. Nota 200.

2) Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto em questão: a proposta foi compreendida (até demais). Você explorou o tema e, inclusive, outros aspectos tangenciais. Evite isso. Fale o necessário, não o excesso. Além disso, note e adote aquilo que eu falei no último parágrafo. Conclusão é para concluir, não para desenvolver. Nota 140.

3) Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista: argumentos impecavelmente selecionados e organizados. Parabéns. Contudo, atente ao excesso de argumentação. Nota 160.

4) Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação: cuidado com parágrafos longos e detalhados demais. Nota 160.

TOTAL: 660 PONTOS DE 800 POSSÍVEIS
NOTA: 8,25


Continue escrevendo!

---------------------------------------

RECOMENDAÇÕES DO FÓRUM:

1-) O MEMBRO DO FOGE PODE POSTAR ATÉ 2 (DOIS) TEXTOS POR SEMANA;
2-) POSTAR A COLETÂNEA (SE POSSÍVEL) E TEMA (OBRIGATORIAMENTE), REFERENTES AO TEXTO A SER CORRIGIDO;
3-) ENTRE OS PARÁGRAFOS, PULAR 1 LINHA, A FIM DE FACILITAR A CORREÇÃO DOS CORRETORES;
4-) SE O TEXTO JÁ FOI CORRIGIDO, E O MEMBRO, AINDA ASSIM, QUISER CONTRA-ARGUMENTAR OU SOLICITAR O ESCLARECIMENTO DE ALGUMA DÚVIDA, MANDE UMA MENSAGEM PRIVADA AO CORRETOR DE SEU TEXTO JUNTAMENTE COM O LINK DO TEXTO EM QUESTÃO;
5-) AO POSTAR O TEXTO, EVITE RESPONDÊ-LO, POIS OS CORRETORES DÃO PREFERÊNCIA AOS TEXTOS QUE NÃO APRESENTAM RESPOSTAS (ZERO RESPOSTA).

O FÓRUM CONTA COM A CONTRIBUIÇÃO DE TODOS,

Kickletter
Diretor Geral de Ensino
Diretor Geral de Ensino

Mensagens: 686
Data de inscrição: 20/01/2013
Localização: São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Copa do Mundo

Mensagem por MariAvila em Qua Fev 20, 2013 6:44 pm

Obrigada pela correção e pelas dicas. Escrevo treinando pra UFRGS, onde o mínimo são 30 linhas e o máximo 50. Por isso minhas redações são mais extensas.

MariAvila
Membro Destaque
Membro Destaque

Mensagens: 9
Data de inscrição: 15/02/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum