FACEBOOK
POSTAGENS
Crie o seu avatar
PARCEIROS DO FOGE
Últimos assuntos
TWITTER

redação sobre a redução maioridade penal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

redação sobre a redução maioridade penal

Mensagem por ricardo45 em Ter Fev 19, 2013 3:04 pm

Reduzir ou não reduzir, eis a questão



É crescente o número de delitos cometidos por indivíduos considerados pela justiça como menores. Por esse motivo existe no Congresso Nacional alguns projetos de leis para reduzirem a maioridade penal e civil.Mas esse seria o caminho adequado para solucionar o real problema?

A redução da maioridade é defendida por uma parcela significativa da população, dado que esses acreditam que os jovens infratores não recebem a devida punição. Para eles o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é muito tolerante e não intimida os futuros transgressores, uma vez que a reclusão máxima descrita por esse é de três anos em instituições sócio-educativas como a FEBEM.

Entretanto a redução da maioridade para 16 anos (proposta mais relevante) desenvolveria a curto e longo prazo sérios problemas sociais, como a superlotação do sistema penitenciário e geraria um ciclo vicioso do uso dos menores no crime: hoje os criminosos colocam na linha de fogo os de 17 e 16 anos, amanha com tal redução utilizarão os de 15 e 14 anos. Como diria José Saramago: ”para liquidar o dragão é preciso corta-lhe a cabeça, aparar-lhe as unhas não serve para nada’’, ou seja, faz-se necessário resolver o problema sem causar outros para quaisquer setores da sociedade.

Cabe ressaltar ainda que muitos desses jovens não dispuseram de condições dignas e humanas para seu desenvolvimento.não tiveram uma educação que ajudasse no seu amadurecimento sócio- psicológico.Tais indivíduos viram no crime a única solução para ascenderem na sociedade. Isso não é justificativa para poupá-los e sim para resssocializá-los.

Diante do que foi exposto depreende-se que uma solução se faz essencial. Urge uma ação conjunta entre o Estado e a sociedade. Àquele cabe reformar as punições para os jovens infratores, levando em consideração sua índole e consciência a respeito da gravidade do ato que cometeu. Além de disponibilizar um sistema eficaz de ressocialização desses indivíduos; à sociedade é patente que atue na inclusão social desses brasileiros com todo aparato psicológico para restaurar sua dignidade.


Obs:por gentileza corretor leve em consideração as 5 competências cobradas pelo Enem.

ricardo45
Sou nível 2
Sou nível 2

Mensagens: 17
Data de inscrição: 26/01/2013
Idade: 18

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: redação sobre a redução maioridade penal

Mensagem por Kickletter em Qui Fev 21, 2013 7:16 pm

Reduzir ou não reduzir, eis a questão [CUIDADO COM OS CLICHÊS]

É crescente o número de delitos cometidos por indivíduos considerados pela justiça como menores. Por esse motivo[,] existe no Congresso Nacional alguns projetos de leis para reduzirem a maioridade penal e civil. Mas esse seria o caminho adequado para solucionar o real problema?

A redução da maioridade é defendida por uma parcela significativa da população, dado que esses [ELA*, POIS "PARCELA" TRAZ SINGULARIDADE AO TERMO "POPULAÇÃO"] acreditam [ACREDITA* POR CADEIA DE CORREÇÃO] que os jovens infratores não recebem a devida punição. Para eles[,] o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é muito tolerante e não intimida os futuros transgressores, uma vez que a reclusão máxima descrita por esse é de três anos em instituições sócio-educativas [SOCIOEDUCATIVAS* SEGUNDO O NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO] como a FEBEM. [ESTE NOME É UMA DEFINIÇÃO ANTIGA DA "FUNDAÇÃO CENTRO DE ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO AO ADOLESCENTE (CASA)", ANTIGA FEBEM. CONVÊM VOCÊ POSTAR O TERMO MAIS ATUAL]

Entretanto a redução da maioridade para 16 anos (proposta mais relevante) desenvolveria a curto e longo prazo sérios problemas sociais, como a superlotação do sistema penitenciário e geraria um ciclo vicioso do uso dos menores no crime: hoje os criminosos colocam na linha de fogo os de 17 e 16 anos, [FICARIA MAIS INTERESSANTE SE VOCÊ TIVESSE UTILIZADO DO PONTO E VÍRGULA AQUI, JÁ QUE ESTA É UMA RELAÇÃO DE COORDENAÇÃO INDEPENDENTE. NOTE QUE A VÍRGULA NÃO ESTÁ ERRADA, MAS É MAIS SOFISTICADO O PONTO E VÍRGULA] amanha [AMANHÃ* FALTOU ATENÇÃO NA HORA DA RELEITURA!] com tal redução utilizarão os de 15 e 14 anos. Como diria José Saramago: ”para liquidar o dragão é preciso corta-lhe [CORTAR-LHE*] a cabeça, aparar-lhe as unhas não serve para nada’’, ou seja, faz-se necessário resolver o problema sem causar outros para [AQUI HOUVE UM ERRO DE COESÃO. VOCÊ INVERTEU AS PALAVRAS. O CORRETO É "SEM CAUSAR PARA OUTROS...". FALTOU ATENÇÃO NA HORA DA RELEITURA] quaisquer setores da sociedade.

Cabe ressaltar ainda que muitos desses jovens não dispuseram de condições dignas e humanas para seu desenvolvimento. não [INICIAM-SE PERÍODOS E FRASES SEMPRE COM LETRA MAIÚSCULA. FALTOU ATENÇÃO!] tiveram uma educação que ajudasse no seu amadurecimento sócio-psicológico. Tais indivíduos viram no crime a única solução para ascenderem na sociedade. Isso não é justificativa para poupá-los e sim para resssocializá-los. [RESSOCIALIZA-LOS*]

Diante do que foi exposto depreende-se que uma solução se faz essencial. Urge uma ação conjunta entre o Estado e a sociedade. Àquele cabe reformar as punições para os jovens infratores, levando em consideração sua índole e consciência a respeito da gravidade do ato que cometeu. Além de disponibilizar um sistema eficaz de ressocialização desses indivíduos; à sociedade é patente que atue na inclusão social desses brasileiros com todo aparato psicológico para restaurar sua dignidade.

---------------------------------------------------

NOTA(S) DE CORREÇÃO: sempre releia com atenção e minuciosidade a sua redação para evitar erros desnecessários.


COMENTÁRIOS:
1) Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita: você demonstra domínio adequado da norma padrão, apresentando desvios de concordância, convenção de escrita e algumas deficiências na pontuação. Nota 120.

2) Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto em questão: cuidado com os clichês. Você entrou no tema e respeitou os limites básicos do texto dissertativo-argumentativo. Digo "básico" porque, na introdução, você aproximou-se mais do texto dissertativo, pois você não estabeleceu o seu ponto de vista logo de cara. Nota 160.

3) Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista: boa seleção de argumentos. Os erros foram destacados em verde e devidamente comentados. Nota 160.

4) Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação: todos os desvios dessa competência foram destacados em azul e devidamente comentados. Nota 160.

5) Elaborar proposta de intervenção que respeite os direitos humanos: você apresentou uma proposta de intervenção respeitadora, clara e que mostra os métodos para sanar a situação. Contudo, tal proposta foi previsível, não inovadora. Nota 160.

TOTAL: 760 PONTOS DE 1000 POSSÍVEIS
NOTA: 760


Continue escrevendo!

---------------------------------------

RECOMENDAÇÕES DO FÓRUM:

1-) O MEMBRO DO FOGE PODE POSTAR ATÉ 2 (DOIS) TEXTOS POR SEMANA;
2-) POSTAR A COLETÂNEA (SE POSSÍVEL) E TEMA (OBRIGATORIAMENTE), REFERENTES AO TEXTO A SER CORRIGIDO;
3-) ENTRE OS PARÁGRAFOS, PULAR 1 LINHA, A FIM DE FACILITAR A CORREÇÃO DOS CORRETORES;
4-) SE O TEXTO JÁ FOI CORRIGIDO, E O MEMBRO, AINDA ASSIM, QUISER CONTRA-ARGUMENTAR OU SOLICITAR O ESCLARECIMENTO DE ALGUMA DÚVIDA, MANDE UMA MENSAGEM PRIVADA AO CORRETOR DE SEU TEXTO JUNTAMENTE COM O LINK DO TEXTO EM QUESTÃO;
5-) AO POSTAR O TEXTO, EVITE RESPONDÊ-LO, POIS OS CORRETORES DÃO PREFERÊNCIA AOS TEXTOS QUE NÃO APRESENTAM RESPOSTAS (ZERO RESPOSTA).

O FÓRUM CONTA COM A CONTRIBUIÇÃO DE TODOS,

Kickletter
Diretor Geral de Ensino
Diretor Geral de Ensino

Mensagens: 686
Data de inscrição: 20/01/2013
Localização: São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: redação sobre a redução maioridade penal

Mensagem por ricardo45 em Qui Fev 28, 2013 1:59 pm

É crescente o número de delitos cometidos por indivíduos considerados pela justiça como menores. Por esse motivo, existe no Congresso Nacional alguns projetos de leis para reduzirem a maioridade penal e civil.Entretanto esse não seria o caminho adequado para solucionar o real problema

A redução da maioridade é defendida por uma parcela significativa da população, dado que essa acredita que os jovens infratores não recebem a devida punição. Eles afirmam que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é muito tolerante e não intimida os futuros transgressores, uma vez que a reclusão máxima descrita por esse é de três anos em instituições sócioeducativas como a Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA)

Entretanto a redução da maioridade para 16 anos (proposta mais relevante) desenvolveria a curto e longo prazo sérios problemas sociais, como a superlotação do sistema penitenciário e geraria um ciclo vicioso do uso dos menores no crime: hoje os criminosos colocam na linha de fogo os de 17 e 16 anos; Amanhã com tal redução utilizarão os de 15 e 14 anos. Como diria José Saramago: ”para liquidar o dragão é preciso cortar-lhe a cabeça, aparar-lhe as unhas não serve para nada’’, ou seja, faz-se necessário resolver o problema sem causar outros infortúnios para quaisquer setores da sociedade.

Cabe ressaltar ainda que muitos desses jovens não dispuseram de condições dignas e humanas para seu desenvolvimento. Não tiveram uma educação que ajudasse no seu amadurecimento sócio- psicológico.Tais indivíduos viram no crime a única solução para ascenderem na sociedade. Isso não é justificativa para poupá-los e sim para ressocializá-los.

Diante do que foi exposto depreende-se que uma solução se faz essencial. Urge uma ação conjunta entre o Estado e a sociedade. Àquele cabe reformar as punições para os jovens infratores, levando em consideração sua índole e consciência a respeito da gravidade do ato que cometeu. Além de disponibilizar um sistema eficaz de ressocialização desses indivíduos; à sociedade é patente que atue na inclusão social desses brasileiros com todo aparato psicológico para restaurar sua dignidade.


Obs:por gentileza corretor leve em consideração as 5 competências cobradas pelo Enem.

ricardo45
Sou nível 2
Sou nível 2

Mensagens: 17
Data de inscrição: 26/01/2013
Idade: 18

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: redação sobre a redução maioridade penal

Mensagem por Kickletter em Sex Mar 01, 2013 10:58 pm

(sem título)

É crescente o número de delitos cometidos por indivíduos considerados pela justiça como menores. Por esse motivo, existe no Congresso Nacional alguns projetos de leis para reduzirem a maioridade penal e civil. Entretanto esse não seria o caminho adequado para solucionar o real problema[?]

A redução da maioridade é defendida por uma parcela significativa da população, dado que essa acredita que os jovens infratores não recebem a devida punição. Eles [ISSO GEROU UM CHOQUE DE SENTIDO NO SEU TEXTO. AO COLOCAR "ELES", VOCÊ DIZ QUE OS JOVENS AFIRMAM QUE O ECA É MUITO TOLERANTE, COISA QUE O CONTEXTO DO PARÁGRAFO NÃO DIZ. VOCÊ DEVERIA, PARA FAZER MENÇÃO À "PARCELA SIGNIFICATIVA DA POPULAÇÃO", COLOCAR "ELA", NÃO "ELES"] afirmam [AFIRMA*, POR CADEIA DE CORREÇÃO] que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é muito tolerante e não intimida os futuros transgressores, uma vez que a reclusão máxima descrita por esse é de três anos em instituições sócioeducativas como a Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (CASA)[.]

Entretanto a redução da maioridade para 16 anos (proposta mais relevante) desenvolveria a curto e longo prazo sérios problemas sociais, como a superlotação do sistema penitenciário e geraria um ciclo vicioso do uso dos menores no crime: hoje os criminosos colocam na linha de fogo os de 17 e 16 anos; Amanhã [DEPOIS DO PONTO E VÍRGULA, NÃO SE INICIA A FRASE COM LETRA MAIÚSCULA] com tal redução utilizarão os de 15 e 14 anos. Como diria José Saramago: ”para liquidar o dragão é preciso cortar-lhe a cabeça, aparar-lhe as unhas não serve para nada’’, ou seja, faz-se necessário resolver o problema sem causar outros infortúnios para quaisquer setores da sociedade.

Cabe ressaltar ainda que muitos desses jovens não dispuseram de condições dignas e humanas para seu desenvolvimento. Não tiveram uma educação que ajudasse no seu amadurecimento sócio-psicológico. Tais indivíduos viram no crime a única solução para ascenderem na sociedade. Isso não é justificativa para poupá-los e sim para ressocializá-los.

Diante do que foi exposto depreende-se que uma solução se faz essencial. Urge uma ação conjunta entre o Estado e a sociedade. Àquele cabe reformar as punições para os jovens infratores, levando em consideração sua índole e consciência a respeito da gravidade do ato que cometeu. Além de disponibilizar um sistema eficaz de ressocialização [SISTEMA EFICAZ DE QUE EXATAMENTE? DE EDUCAÇÃO? DE CULTURA? DOS DOIS? PODERIA TER SE APROFUNDADO MAIS NESSA PROPOSTA DE INTERVENÇÃO PARA SAIR DO SENSO-COMUM] desses indivíduos; à sociedade é patente que atue na inclusão social desses brasileiros com todo aparato psicológico para restaurar sua dignidade.

------------------------------------------

NOTA(S) DE CORREÇÃO: note que desde a primeira correção eu estou considerando as cinco competências do Enem. Não há mais necessidade de refazer por uma terceira vez essa redação. Sinta-se livre para explorar um outro tema.


COMENTÁRIOS:
1) Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita: você demonstra domínio da norma padrão, apresentando alguns desvios eventuais de convenção de escrita que não aconteceriam se você relesse com atenção a sua redação. Nota 160.

2) Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto em questão: você entrou no tema e respeitou os limites do texto dissertativo-argumentativo. Parabéns. Nota 200.

3) Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista: boa seleção e organização argumentativa. Tirei 20 pontos daqui pela falta de embase na solução. Nota 180.

4) Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação: o único desvio encontrado foi aquele dito no segundo parágrafo. Nota 180.

5) Elaborar proposta de intervenção que respeite os direitos humanos: você apresentou uma proposta de intervenção respeitadora, clara e que mostra os métodos para sanar a situação. Contudo, tal proposta foi previsível, não inovadora. Nota 160.

TOTAL: 880 PONTOS DE 1000 POSSÍVEIS
NOTA: 880


Continue escrevendo!

---------------------------------------

RECOMENDAÇÕES DO FÓRUM:

1-) O MEMBRO DO FOGE PODE POSTAR ATÉ 2 (DOIS) TEXTOS POR SEMANA;
2-) POSTAR A COLETÂNEA (SE POSSÍVEL) E TEMA (OBRIGATORIAMENTE), REFERENTES AO TEXTO A SER CORRIGIDO;
3-) ENTRE OS PARÁGRAFOS, PULAR 1 LINHA, A FIM DE FACILITAR A CORREÇÃO DOS CORRETORES;
4-) SE O TEXTO JÁ FOI CORRIGIDO, E O MEMBRO, AINDA ASSIM, QUISER CONTRA-ARGUMENTAR OU SOLICITAR O ESCLARECIMENTO DE ALGUMA DÚVIDA, MANDE UMA MENSAGEM PRIVADA AO CORRETOR DE SEU TEXTO JUNTAMENTE COM O LINK DO TEXTO EM QUESTÃO;
5-) AO POSTAR O TEXTO, EVITE RESPONDÊ-LO, POIS OS CORRETORES DÃO PREFERÊNCIA AOS TEXTOS QUE NÃO APRESENTAM RESPOSTAS (ZERO RESPOSTA).

O FÓRUM CONTA COM A CONTRIBUIÇÃO DE TODOS,

Kickletter
Diretor Geral de Ensino
Diretor Geral de Ensino

Mensagens: 686
Data de inscrição: 20/01/2013
Localização: São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum