FACEBOOK
POSTAGENS
Crie o seu avatar
PARCEIROS DO FOGE
TWITTER

TEMA:dedo-durismo ou dedurismo. A favor ou contra?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TEMA:dedo-durismo ou dedurismo. A favor ou contra?

Mensagem por allesluge em Qua Mar 13, 2013 9:33 pm

Excerto 1
“Então um dos doze, chamado Judas Iscariotes, foi ter com os príncipes dos sacerdotes e disse: Que me quereis dar e eu vo-lo entregarei?”

Excerto extraído do Evangelho do Evangelho de São Mateus, 26, 14-15. In: Novo Testamento de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ao Gideões Internacionais. 1991-1995.

Excerto 2

“A delação é uma expressão que encontra muitos opositores. Adquiriu conotação pejorativa, tomando o sentido de acusação feita a outrem, com traição da confiança recebida, em razão de função ou amizade. Todavia, em nome do Direito Penal funcionalista, utilitário e pragmático, vem ganhando a simpatia do legislador pátrio, inspirado na ordem jurídica de outros países, como forma de fazer frente ao crime organizado.”

Excerto 3

“A figura do delator, dedo-duro, alcagüete, informante boca-mole, língua-solta, etc. sempre foi considerada infame. O código moral do mundo do crime e dos agitadores políticos que vivem na clandestinidade condena o delator com a morte.”


PROPOSTA
Redija um artigo de opinião no qual você se posicione, por meio de argumentos convincentes, favorável ou não à prática do dedo-durismo ou dedurismo.



REDAÇÃO

A segunda invasão holandesa ao Brasil no século XVII,superando o fracasso da primeira,resultou em uma ocupação por mais de vinte anos do nordeste brasileiro. Esse relativo sucesso contou,entre outros fatores,com uma contribuição: o dedurismo do brasileiro Calabar,que entregou aos flamengos estratégias de guerra bem como informações sobre o território que seria ocupado. Não obstante,é ainda considerado o traidor da nação e merecidamente.

Imagine você confiar seus segredos a uma pessoa e ela simplesmente "espalhar pra os quatro cantos do mundo". Diante disso, seria equivalente pendurar um cartaz em um avião para que todos saibam sobre seus pensamentos mais íntimos.Mais do que confiança,ainda,a ética que pregam nas escolas,constituição,igrejas e no âmbito familiar é totalmente corrompida porque a vida pessoal é exposta contra a vontade do indivíduo,ou seja,sua privacidade é rompida.

Quando um amigo de um traficante,por exemplo,resolve denunciá-lo,tudo que foi dito continua válido. Sob o ponto de vista de todas os laços que os dois criaram entre eles,a confiança e a ética,mesmo que o criminoso não possua esta última ao vender drogas,foram rompidas também.Porém,para a maioria da sociedade,nesse caso,o delator só praticou uma ação a favor do bem comum. Isso é compreensível na medida em que a sociedade ,durante toda a sua vida, aceite aquilo que lhe convem mesmo que para isso abra uma exceção contra seus principios.

O dedo-durismo é um ato que pode prejudicar nações inteiras ou pode favorecê-las mas prejudicar partes isoladas da população. Usar ele a favor da lei deve ser espontâneo e ponderado e não incentivado ou, então,as escolas passarão a ensinar exceções e contradições que existem no Estado.


allesluge
Sou nível 2
Sou nível 2

Mensagens: 6
Data de inscrição: 19/02/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Nota: 6

Mensagem por jirafa em Qui Mar 21, 2013 4:18 am

A segunda invasão holandesa ao Brasil no século XVII, superando o fracasso da primeira, resultou em uma ocupação [que durou] mais de vinte anos no nordeste brasileiro. Esse relativo sucesso contou, entre outros fatores, com uma contribuição: o dedurismo do brasileiro Calabar, que entregou aos flamengos estratégias de guerra bem como informações sobre o território que seria ocupado. Não obstante (1), é ainda considerado o traidor da nação e merecidamente.
(1) Não obstante é uma locução adversativa, e essa oração corrobora com as idéias apresentadas anteriormente. Deveria ter utilizado alguma conjunção que passasse a idéia de ''por isso''.
Ótima introdução, faltou apenas utilizar o fato para ''enganchar'' a tese, que será desenvolvida no próximo parágrafo.


Imagine você (1) confiar seus segredos à alguém e ela simplesmente os "espalhar pra os quatro cantos do mundo" (2). Diante disso, seria equivalente pendurar um cartaz em um avião para que todos saibam sobre seus pensamentos mais íntimos (3). Mais do que confiança, ainda, a ética que pregam nas escolas, na constituição, nas igrejas e no âmbito familiar é totalmente corrompida porque a vida pessoal é exposta contra a vontade do indivíduo; ou seja, sua privacidade é rompida.
(1) Não converse com o leitor em uma dissertação.
(2) Muito cuidado ao utilizar essas expressões em uma dissertação. É melhor evitá-las.
(3) Coloquial e desnecessário.

Quando um amigo de um traficante, por exemplo, resolve denunciá-lo,tudo que foi dito continua válido. Considerando todos os laços que os dois criaram entre eles, a confiança e a ética, mesmo que o criminoso não possua esta última ao vender drogas, foram rompidas também. Porém, para a maioria da sociedade, nesse caso, o delator só praticou uma ação a favor do bem comum. Isso é compreensível na medida em que a sociedade, durante toda a sua existência, aceite aquilo que lhe convém, mesmo que para isso abra uma exceção de seus princípios.

O dedo-durismo é um ato que pode prejudicar nações inteiras ou pode favorecê-las mas prejudicar partes isoladas da população (1). Usar ele a favor da lei deve ser espontâneo, ponderado e não incentivado ou, então, as escolas passarão a ensinar exceções e contradições que existem no Estado.
(1) Vago
(2) Confuso


Favor quando digitar utilizar sempre um espaço após a vírgula/ponto.

Caro membro, você escreveu uma ótima introdução, mas esse ritmo se perdeu no desenvolvimento e na conclusão. Perceba os pontos positivos da mesma (boa argumentação, alusão histórica) e tente aplicá-los no resto do texto. Seu desenvolvimento utilizou de exemplos muito pontuais e coloquiais, quando deveria ter universalizado a questão que já havia sido ponderada na introdução. Não há uma tese ao longo do texto, ou seja, não é possível discernir com clareza seu ponto de vista sobre a proposta (dedurismo: a favor ou contra?), que deveria ter sido elaborada no desenvolvimento e retomada na conclusão. Atente-se a esses pontos em suas próximas redações. Leia mais e continue escrevendo. Bons estudos e sucesso!


RECOMENDAÇÕES DO FÓRUM:

1-) O MEMBRO DO FOGE PODE POSTAR ATÉ 2 (DOIS) TEXTOS POR SEMANA;
2-) POSTAR A COLETÂNEA (SE POSSÍVEL) E TEMA (OBRIGATORIAMENTE), REFERENTES AO TEXTO A SER CORRIGIDO;
3-) ENTRE OS PARÁGRAFOS, PULAR 1 LINHA, A FIM DE FACILITAR A CORREÇÃO DOS CORRETORES;
4-) SE O TEXTO JÁ FOI CORRIGIDO, E O MEMBRO, AINDA ASSIM, QUISER CONTRA-ARGUMENTAR OU SOLICITAR O ESCLARECIMENTO DE ALGUMA DÚVIDA, MANDE UMA MENSAGEM PRIVADA AO CORRETOR DE SEU TEXTO JUNTAMENTE COM O LINK DO TEXTO EM QUESTÃO;
5-) AO POSTAR O TEXTO, EVITE RESPONDÊ-LO, POIS OS CORRETORES DÃO PREFERÊNCIA AOS TEXTOS QUE NÃO APRESENTAM RESPOSTAS (ZERO RESPOSTA).

O FÓRUM CONTA COM A CONTRIBUIÇÃO DE TODOS.

jirafa
Membro Vip
Membro Vip

Mensagens: 38
Data de inscrição: 02/03/2013
Idade: 20
Localização: Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum