FACEBOOK
POSTAGENS
Crie o seu avatar
PARCEIROS DO FOGE
Últimos assuntos
TWITTER

O trânsito no Brasil e seus perigos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Resolvido O trânsito no Brasil e seus perigos

Mensagem por Giuliano Froitz em Qui Set 19, 2013 8:26 pm

Tema: O trânsito no Brasil e seus perigos
Com base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construídos ao

longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da

língua portuguesa sobre o tema  O  TRÂNSITO NO BRASIL, apresentando proposta de

conscientização social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione,

de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Texto 1:

Os acidentes de trânsito são a principal causa de morte não natural no país. E o brasileiro

gasta mais com carro do que com educação.

Oded Grajew – Presidente do Grupo Ethos

Texto 2:

A fiscalização da velocidade é defendida por especialistas  como um fator  que contribui

para a redução de mortes no trânsito.

Folha de S. Paulo

Texto 3:

Pesquisa feita pelo Ibope em todo o país com mil jovens de 16 a 25 anos mostra que, entre

os que dirigem  carros, 30% são maiores de 18 anos e não têm Carteira  Nacional de

Habilitação. Do total, 12% são menores de idade e não podem tirar a carta, mas conduzem

veículos mesmo assim.

O Estado de S. Paulo

Texto 4:

Cerca de 70% dos acidentes de trânsito no Brasil são  causados pelo álcool.  E 50% dos

acidentes pelo álcool  são fatais. Portanto,  toda ação feita para diminuir o  consumo de

bebida alcoólica entre motoristas é muito bem-vinda.

Fábio Racy – Presidente da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego

Banca, seria possível corrigir conforme as competências do ENEM?
MEU TEXTO:
Título: Tempo perdido ou tempo ganho?

Uma das maiores causas de morte no Brasil diz respeito à acidentes ocorridos no trânsito brasileiro.Cada vez mais, com a criação de carros populares, mais indivíduos têm acessos a veículos e os dirigem, seja de forma legal ou ilegal. No entanto, com tantos motoristas, acabam surgindo entraves nas estradas brasileiras como diversos acidentes ocasionados por desrespeito às leis de trânsito. Dessa forma, faz-se necessário procurar medidas que viabilizem um melhor aproveitamento do que os carros podem nos oferecer.

Em princípio, um dos grandes fatores que causa diversos acidentes é a combinação de bebida alcoólica com direção.Nesse sentido,muitos indivíduos ao saírem de baladas ou qualquer tipo de celebração, por exemplo, estão alcoolizados, e ao voltarem para suas casas utilizam seu próprio veículo. Por conseguinte, observa-se um número acentuado de acidentes cujas causas estão relacionadas aos efeitos da bebida.Um recente estudo publicado recentemente na revista científica norte-americana "Addiction" fez um levantamento acerca dos acidentes ocorridos durante 1994 e 2008 e relatou que,comparado aos motoristas sóbrios, aqueles que beberam estavam mais propensos a dirigir em alta velocidade além de não utilizarem o cinto de segurança. Em virtude disso, a fim de mudar esse panorama, seria necessário uma maior fiscalização do Estado sobre os motoristas em locais estratégicos como,por exemplo, perto de boates para verificar o seu nível de álcool no sangue, associado a uma maior quantidade de transporte público circulando nas madrugadas para esses indivíduos utilizarem e não serem dependente de seus veículos.

Além disso, outro fator determinante reside no fato das altas velocidades dos automóveis.Percebe-se muitas vezes, motoristas que às vezes no intuito de ganhar cinco minutos fazendo ultrapassagens acabam perdendo seu maior bem: sua vida. Desse modo,o cotidiano das grandes metrópoles principalmente, é de indivíduos que não prezam pela segurança de si nem pela segurança dos outros, e realizam manobras um tanto quanto perigosas a fim de ganhar tempo.Com isso,entende-se que mídia como vinculadora de informações, poderia por meio de reportagens e campanhas mostrar os perigos e o grande número de ocorrências fatais graças às imprudências no trânsito para conscientizar a todos que o objetivo não é chegarmos rápido, e sim chegarmos.

Logo, percebe-se que o trânsito em nosso país oferece riscos que devem ser combatidos de forma efetiva.Reafirma-se a necessidade da fiscalização pelo Poder Público a fim de evitar os acidentes resultantes da combinação álcool e bebida cuja ocorrência é muito grande, conforme mostrou a revista "Addiction".Ademais, é de extrema importância a ajuda da mídia seja por meio de campanhas ou reportagens para conscientizar a todos que o mais importante no trânsito diz respeito à nossa segurança e não à nossa velocidade.

Giuliano Froitz
Sou nível 1
Sou nível 1

Mensagens: 2
Data de inscrição: 19/09/2013
Idade: 18

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Resolvido Re: O trânsito no Brasil e seus perigos

Mensagem por Kickletter em Qua Out 02, 2013 3:15 pm

Tempo perdido ou tempo ganho?

Uma das maiores causas de morte no Brasil diz respeito à [Correção: a] acidentes ocorridos no trânsito brasileiro. Cada vez mais, com a criação de carros populares, mais indivíduos têm acessos [Correção: têm acesso] a veículos e os dirigem, seja de forma legal ou ilegal. No entanto, com tantos motoristas, acabam surgindo entraves nas estradas brasileiras como diversos acidentes ocasionados por desrespeito às leis de trânsito. Dessa forma, faz-se necessário procurar [Sugestão de correção: faz-se necessário a procura de] medidas que viabilizem um melhor aproveitamento do que [Sugestão de correção: que. Evite dequeísmos] os carros podem nos oferecer.

Em [Correção: A] princípio, um dos grandes fatores que causa diversos acidentes é a combinação de bebida alcoólica com direção. Nesse sentido, muitos indivíduos ao saírem de baladas ou qualquer tipo de celebração, por exemplo, estão alcoolizados, e[,] ao voltarem para suas casas utilizam seu próprio veículo. Por conseguinte, observa-se um número acentuado de acidentes cujas causas estão relacionadas aos efeitos da bebida. Um recente estudo publicado recentemente [Evite pleonasmos viciosos. Se o estudo é recente, é óbvio que ele foi publicado recentemente] na revista científica norte-americana "Addiction" fez um levantamento acerca dos acidentes ocorridos durante 1994 e 2008 e relatou que, comparado aos motoristas sóbrios, aqueles que beberam estavam mais propensos a dirigir em alta velocidade além de não utilizarem o cinto de segurança. Em virtude disso, a fim de mudar esse panorama, seria necessário uma maior fiscalização do Estado sobre os motoristas em locais estratégicos como, por exemplo, perto de boates para verificar o seu nível de álcool no sangue, associado a uma maior quantidade de transporte público circulando nas madrugadas para esses indivíduos utilizarem e não serem dependente de seus veículos. [Evite períodos longos demais. Isso causou confusão na hora de expressar o seu ponto de vista neste parágrafo]

Além disso, outro fator determinante reside no fato das altas velocidades dos automóveis [Achei estranho você ter retomado o assunto das altas velocidades. Você expressou, no parágrafo anterior, que exceder o limite de velocidade é consequência de alguma coisa (nesse caso, consequência da embriaguez). Agora, você está transformando esse mesmo argumento em causa, o que é confuso e ao mesmo tempo redundante]. Percebe-se muitas vezes, motoristas que às vezes no intuito de ganhar cinco minutos fazendo ultrapassagens acabam perdendo seu maior bem: sua vida. Desse modo, o cotidiano das grandes metrópoles principalmente, é de indivíduos que não prezam pela segurança de si nem pela segurança dos outros, e realizam manobras um tanto quanto perigosas a fim de ganhar tempo.Com isso,entende-se que [a] mídia como vinculadora de informações, poderia por meio de reportagens e campanhas mostrar os perigos e o grande número de ocorrências fatais graças às imprudências no trânsito para conscientizar a todos que o objetivo não é chegarmos rápido, e sim chegarmos.

Logo, percebe-se que o trânsito em nosso país oferece riscos que devem ser combatidos de forma efetiva. Reafirma-se a necessidade da fiscalização pelo Poder Público a fim de evitar os acidentes resultantes da combinação álcool e bebida cuja ocorrência é muito grande, conforme mostrou a revista "Addiction". Ademais, é de extrema importância a ajuda da mídia seja por meio de campanhas ou reportagens para conscientizar a todos que o mais importante no trânsito diz respeito à nossa segurança e não à nossa velocidade.

---------------------------------------

NOTA(S) DE CORREÇÃO: sempre procure reler com muita atenção a sua redação antes de terminá-la para evitar eventuais erros desnecessários de gramática ou de clareza textual.


COMENTÁRIOS:
1) (2,0 pontos) Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita: encontrei erros de convenção de escrita e de uso de pontuação (você exagerou no uso da vírgula; evite isso). Nota 1,4.

2) (2,0 pontos) Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto em questão: a proposta foi compreendida, mas explorada de forma confusa. Os seus argumentos foram contraditórios uma hora (conforme destaquei em verde). Achei também o seu texto muito denso de ser lido; muita informação contida sem muita precisão ou objetividade. Nota 1,2.

3) (2,0 pontos) Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista: o mau domínio no uso de pontuações e na expressão argumentativa fez com que algumas partes do seu texto não fossem bem compreendidas (pelo menos por mim). Nota 1,4.

4) (2,0 pontos) Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação: evite períodos e parágrafos longos demais. Recomendo estudo mais aprofundado sobre pontuação. Uma redação precisa ser objetiva: cinco parágrafos, cada um contendo aproximadamente dois ou três períodos já é o bastante para você organizar a sua tese em introdução, desenvolvimento e conclusão. Pense mais sobre isso. Nota 1,2.

TOTAL: 5,2 PONTOS DE 8,0 POSSÍVEIS
NOTA (0-10): 6,5

Continue escrevendo!

---------------------------------------

RECOMENDAÇÕES DO FÓRUM:

1-) O MEMBRO DO FOGE PODE POSTAR 1 (UM) TEXTO POR SEMANA;
2-) POSTAR A COLETÂNEA (SE POSSÍVEL) E TEMA (OBRIGATORIAMENTE), REFERENTES AO TEXTO A SER CORRIGIDO;
3-) ENTRE OS PARÁGRAFOS, PULAR 1 LINHA, A FIM DE FACILITAR A CORREÇÃO DOS CORRETORES;
4-) SE O TEXTO JÁ FOI CORRIGIDO, E O MEMBRO, AINDA ASSIM, QUISER CONTRA-ARGUMENTAR OU SOLICITAR O ESCLARECIMENTO DE ALGUMA DÚVIDA, MANDE UMA MENSAGEM PRIVADA AO CORRETOR DE SEU TEXTO JUNTAMENTE COM O LINK DO TEXTO EM QUESTÃO;
5-) AO POSTAR O TEXTO, EVITE RESPONDÊ-LO, POIS OS CORRETORES DÃO PREFERÊNCIA AOS TEXTOS QUE NÃO APRESENTAM RESPOSTAS (ZERO RESPOSTA).

O FÓRUM CONTA COM A CONTRIBUIÇÃO DE TODOS.

___________________________________________________________
FOGE - Fórum Gratuito de Ensino

Olá Convidado,

Leia o Regulamento do Fórum e evite penalizações.
Perdeu a senha do fórum? Vou ajudar, clique aqui.
Conheça os integrantes do FOGE e trabalhe conosco.
Aprenda a utilizar o fórum. Veja as instruções da FAQ.


Kickletter
Diretor Geral de Ensino
Diretor Geral de Ensino

Mensagens: 686
Data de inscrição: 20/01/2013
Localização: São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum