FACEBOOK
Os membros mais ativos do mês

TWITTER

Tema:"Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Resolvido Tema:"Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Mensagem por Lucas Hideo em Sex 20 Maio 2016, 11:20

Textos motivadores:

TEXTO I Na verdade, durante a maior parte do século XX, os estádios eram lugares onde os executivos empresariais sentavam-se lado a lado com os operários, todo mundo entrava nas mesmas filas para comprar sanduíches e cerveja, e ricos e pobres igualmente se molhavam se chovesse. Nas últimas décadas, contudo, isso está mudando. O advento de camarotes especiais, em geral, acima do campo, separam os abastados e privilegiados das pessoas comuns nas arquibancadas mais embaixo. (…) O desaparecimento do convívio entre classes sociais diferentes, outrora vivenciado nos estádios, representa uma perda não só para os que olham de baixo para cima, mas também para os que olham de cima para baixo. Os estádios são um caso exemplar, mas não único. Algo semelhante vem acontecendo na sociedade americana como um todo, assim como em outros países. Numa época de crescente desigualdade, a “camarotização” de tudo significa que as pessoas abastadas e as de poucos recursos levam vidas cada vez mais separadas. Vivemos, trabalhamos, compramos e nos distraímos em lugares diferentes. Nossos filhos vão a escolas diferentes. Estamos falando de uma espécie de “camarotização” da vida social. Não é bom para a democracia nem sequer é uma maneira satisfatória de levar a vida. Democracia não quer dizer igualdade perfeita, mas de fato exige que os cidadãos compartilhem uma vida comum. O importante é que pessoas de contextos e posições sociais diferentes encontrem-se e convivam na vida cotidiana, pois é assim que aprendemos a negociar e a respeitar as diferenças ao cuidar do bem comum. Michael J. Sandel. Professor da Universidade Harvard. O que o dinheiro não compra. Adaptado. 

TEXTO II Comentário do Prof. Michael J. Sandel referente à afirmação de que, no Brasil, se teria produzido uma sociedade ainda mais segregada do que a norte-americana. O maior erro é pensar que serviços públicos são apenas para quem não pode pagar por coisa melhor. Esse é o início da destruição da ideia do bem comum. Parques, praças e transporte Este conteúdo pertence ao Descomplica. É vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. Tema de Redação Semana 11 – de 13/04 a 19/04/2015 público precisam ser tão bons a ponto de que todos queiram usá-los, até os mais ricos. Se a escola pública é boa, quem pode pagar uma particular vai preferir que seu filho fique na pública, e assim teremos uma base política para defender a qualidade da escola pública. Seria uma tragédia se nossos espaços públicos fossem shopping centers, algo que acontece em vários países, não só no Brasil. Nossa identidade ali é de consumidor, não de cidadão. Entrevista. Folha de S. Paulo, 28/04/2014. Adaptado. 

TEXTO III [No Brasil, com o aumento da presença de classes populares em centros de compras, aeroportos, lugares turísticos etc., é crescente a tendência dos mais ricos a segregar-se em espaços exclusivos, que marquem sua distinção e superioridade.] (…) Pode ser que o fenômeno “camarotização”, isto é, a separação física entre classes sociais, prospere para muitos outros setores. De repente, os supermercados poderão ter ala VIP, com entrada independente, cuja acessibilidade, tacitamente, seja decidida pelo limite do cartão de crédito. Renato de P. Pereira, 06/05/2014. [Resumido] e adaptado. 

TEXTO IV Até os anos de 1960, a escola pública que eu conheci, embora existisse em menor número, tinha boa qualidade e era um espaço animado de convívio de classes sociais diferentes. Aprendíamos muito, uns com os outros, sobre nossas diferentes experiências de vida, mas, em geral, nos sentíamos pertencentes a uma só sociedade, a um mesmo país e a uma mesma cultura, que era de todos. Por isso, acreditávamos que teríamos, também, um futuro em comum. Vejo com tristeza que hoje se estabeleceu o contrário: as escolas passaram a segregar os diferentes estratos sociais. Acho que a perda cultural foi imensa e as consequências, para a vida social, desastrosas. Trecho do testemunho de um professor universitário sobre a Escola Fundamental e Média em que estudou.

Redação

A casa que abriga a todos

De nosso período colonial herdamos diversas características,como o papel determinante do capital em definir a classe e direitos,que é ilustrado na segregação da casa grande e senzala,estruturas que ainda existem hoje de uma forma silenciosa.Esta ultima,que esta causando um abalo através dos movimentos nas ruas por seus direitos,que quebram grilhões que os prenderam por séculos.

As estruturas citadas se dão por outra forma atualmente,a elite habita locais de maior poder aquisitivo,conhecidos como  "área VIP" ou "camarote",estão presentes em estádios,baladas e companhias áreas, evidenciando a criação de certos locais como forma de divisão de classes.Ademais diversas empresas criam espaços específicos para os funcionários de serviço terceirizados (limpeza e segurança), que em sua maioria são de baixa renda como forma de separar os empregados;espaço este que quando desafiado,causam estranheza e repúdio, vide o caso dos "rolezinhos",reuniões de jovens majoritariamente da mesma origem dos funcionários,em shoppings da elite. 

Diferenças estas que se tornam mais explicitas no campo de serviços,em que a camada desfavorecida tem moradias precárias,se houver, e ausência de saúde e educação de qualidade. Em contraste, a parcela abastecida, tem planos de saúde,condomínios de luxo e escolas privadas,que auxiliam no processo seletivo das universidades públicas, estas que deviam ser de acesso a toda população, que em sua quase totalidade acolhem aqueles que tiveram as melhores oportunidades de estudo e vida.

Todavia isto vem mudando com programas sociais e de inclusão por parte do governo e das instituições,como cotas para alunos de escola pública e programas inclusivos como o bolsa família,que auxilia a diminuir a carência . É importante salientar também o  desejo de crescimento de melhorias nos serviços públicos como transporte e educação, nos protestos de 2013 e nas ocupações estudantis secundaristas atuais.É de vital importância a ampliação destes investimentos por parte do estado,como forma de liquidar esta mazela para estabelecer igualdade econômica e social,culminando no desenvolvimento do país,contudo para que isto ocorra é necessário pressão popular através dos movimentos mencionados.

País este que ainda encontra dificuldade em demolir estruturas tão intrínsecas e enraizadas no nosso sistema,que demarcam uma desproporção tão histórica,que uma vez exterminadas,pode abrir caminho para a construção de uma nova moradia,esta que abriga tudo e a todos, chamada democracia.

Por favor corrigir nos critérios do ENEM e da Fuvest.
avatar
Lucas Hideo
Sou nível 1
Sou nível 1

Mensagens : 1
Data de inscrição : 20/05/2016
Idade : 20

Voltar ao Topo Ir em baixo

Resolvido Re: Tema:"Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Mensagem por Vinicius Otoni em Dom 22 Maio 2016, 20:44

Caro Membro,

O seu texto está de acordo com as regras e recomendações propostas pelo Clube: http://www.clubedosestudantes.com/t1617-orientacoes-para-postar-o-seu-texto
Aqui no site, é permitida a Correção Colaborativa, ou seja, os membros podem corrigir as redações um dos outros. De qualquer forma, os nossos corretores oficiais irão avaliar o seu texto. Para isso o seu tópico será bloqueado, para que os corretores oficiais possam corrigir primeiro, depois será liberado para que outros membros opinem sobre o seu texto

Texto liberado para correção!

Atenciosamente,
Vinicius Otoni.

___________________________________________________________

www.clubedosestudantes.com
Olá Convidado,



Leia o Regulamento do Fórum e evite penalizações.
Conheça os integrantes do Clube e trabalhe conosco.
Aprenda a utilizar o fórum. Veja as instruções da FAQ.




avatar
Vinicius Otoni
Auditor Máximo
Auditor Máximo

Mensagens : 1847
Data de inscrição : 13/02/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Resolvido Re: Tema:"Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Mensagem por Davidson Jones em Qui 26 Maio 2016, 19:37

Olá,

Segue a versão gratuita de correção. Para uma correção mais detalhada, será necessário adquirir um Serviço Premium que estará disponível em breve. Nosso sistema de Correção Colaborativa permite que membros comentem a correção de outros membros. Portanto, você pode enviar uma Mensagem Privada, por exemplo, para alguns membros e pedir para que eles avaliem o seu texto, depois faça o mesmo com o texto deles. O membro que comenta a redação dos outros poderá ter o seu texto corrigido mais rapidamente pelos corretores oficiais.

COMPETÊNCIA
CRITÉRIOS (níveis)
 
 
 

I
Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita
0. Demonstra desconhecimento da norma padrão, de escolha de registro e de convenções da escrita
1. Demonstra domínio insuficiente da norma padrão, apresentando graves e frequentes desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita.
2. Demonstra domínio mediano da norma padrão, apresentando muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita.
3. Demonstra domínio adequado da norma padrão, apresentando alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita.
4. Demonstra bom domínio da norma padrão, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita.
5. Demonstra excelente domínio da norma padrão, não apresentando ou apresentando escassos desvios gramaticais e de convenções da escrita.
 
 

II
Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
0. Foge ao tema proposto.
1. Desenvolve de maneira tangencial o tema ou apresenta inadequação ao tipo textual dissertativo- argumentativo.
2. Desenvolve de forma mediana o tema a partir de argumentos do senso comum, cópias dos textos motivadores ou apresenta domínio precário do tipo textual dissertativo-argumentativo.
3. Desenvolve de forma adequada o tema, a partir de argumentação previsível e apresenta domínio adequado do  tipo
textual dissertativo-argumentativo.
4. Desenvolve bem o tema a partir de argumentação consistente e apresenta bom domínio do tipo textual dissertativo-argumentativo.
5. Desenvolve muito bem o tema com argumentação consistente, além de apresentar excelente domínio do tipo textual
dissertativo-argumentativo, a partir de um repertório sociocultural produtivo.

 
 
 

III
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
0. Não defende ponto de vista e apresenta informações, fatos, opiniões e argumentos incoerentes.
1. Não defende ponto de vista e apresenta informações, fatos, opiniões e argumentos pouco relacionados ao tema.
2. Apresenta informações, fatos e opiniões, ainda que pertinentes ao tema proposto, com pouca articulação e/ou com contradições, ou limita-se a reproduzir os argumentos constantes na proposta de redação em defesa de seu ponto de vista.
3. Apresenta informações, fatos, opiniões e argumentos pertinentes ao tema proposto, porém pouco organizados e relacionados de forma pouco consistente em defesa de seu ponto de vista.
4. Seleciona, organiza e relaciona informações, fatos, opiniões e argumentos pertinentes ao tema proposto de forma consistente, com indícios de autoria, em defesa de seu ponto de vista.
5. Seleciona, organiza e relaciona informações, fatos, opiniões e argumentos pertinentes ao tema proposto de forma consistente, configurando autoria, em defesa de seu ponto de vista.
 

IV
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
0. Apresenta informações desconexas, que não se configuram como texto.
1. Não articula as partes do texto ou as articula de forma precária e/ou inadequada.
2. Articula as partes do texto, porém com muitas inadequações na utilização dos recursos coesivos.
3. Articula as partes do texto, porém com algumas inadequações na utilização dos recursos coesivos.
4. Articula as partes do texto, com poucas inadequações na utilização de recursos coesivos.
5. Articula as partes do texto, sem inadequações na utilização dos recursos coesivos.
 

V
Elaborar proposta de solução para o problema abordado, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.
0. Não elabora proposta de intervenção.
1. Elabora proposta de intervenção tangencial ao tema ou a deixa subentendida no texto.
2. Elabora proposta de intervenção de forma precária ou relacionada ao tema mas não articulada com a discussão
desenvolvida no texto.
3. Elabora proposta de intervenção relacionada ao tema mas pouco articulada à discussão desenvolvida no texto.
4. Elabora proposta de intervenção relacionada ao tema e bem articulada à discussão desenvolvida no texto.
5. Elabora proposta de intervenção relacionada ao tema e bem articulada à discussão desenvolvida em seu texto, com detalhamento.
Aspectos considerados na avaliação de cada competência

Comp. Ia)  Adequação ao registro
•   Grau de formalidade
•   Variedade linguística adequada ao tipo de texto e à situação de
interlocução.
b) Norma gramatical
•  Sintaxe de concordância, regência e colocação
•  Pontuação
•  Flexão
c) Convenções da escrita
•  Escrita das palavras (ortografia, acentuação)
•  Maiúsculas/minúsculas
Comp. IIa) Tema
•  Compreensão da proposta
•  Desenvolvimento do tema a partir de um projeto de texto.
b) Estrutura
•   Encadeamento das partes do texto
•   Progressão temática
 
Comp. IIIa) Coerência textual (organização do texto quanto à sua lógica in- terna e externa)b) Argumentatividadec)  Indícios de autoria
•  Presença de marcas pessoais manifestas no desenvolvimento temático e na organização textual.
Comp. IVa)  Coesão lexical
•  Adequação no uso de recursos lexicais, tais como: sinônimos, hiperônimos, repetição, reiteração etc.
b) Coesão gramatical
• Adequação no emprego de conectivos, tempos verbais, pontuação, sequência temporal, relações anafóricas, conectores intervocabulares, interparágrafos etc.
 
Comp. VCidadania ativa com proposta solidária, compartilhada e inovadora.  
NOTA: 760 Pontos em 1000 possíveis

___________________________________________________________

www.clubedosestudantes.com
Olá Convidado,



Leia o Regulamento do Fórum e evite penalizações.
Conheça os integrantes do Clube e trabalhe conosco.
Aprenda a utilizar o fórum. Veja as instruções da FAQ.


avatar
Davidson Jones
Corretor (Gestor) do Clube
Corretor (Gestor) do Clube

Mensagens : 1802
Data de inscrição : 01/11/2012
Localização : Minas Gerais

http://foge.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Resolvido Re: Tema:"Camarotização” da sociedade brasileira: a segregação das classes sociais e a democracia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum