FACEBOOK
Os membros mais ativos do mês
Lobato
 
MIGUEL AUGUSTO
 
Vinicius 1000
 
sabrina de souza pontes
 
Anne
 

TWITTER

Cyberbullying no Brasil.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Resolvido Cyberbullying no Brasil.

Mensagem por iany pinheiro em Sex 28 Out 2016, 19:06

Desde os processos denominados “revoluções industriais” o mundo vem demasiadamente priorizando produtos e mercado em detrimento de direitos humanos essenciais. O cyberbullying que é um total desrespeito à dignidade, e privcadidade do indivíduo reflete essa realidade. Logo, uma discussão sobre as principais causas disso se faz necessária.
Sabe-se que na maior parte das vezes, os agressores e também, as vítimas desta violência são jovens. De acordo com um estudo feito pela Intel Security no Brasil, com 507 crianças e adolescentes entre 8 e 16 anos, a maioria (66%) já presenciou casos de agressões nas mídias sociais e cerca de 21% sofreram cyberbullying. Tal violência muitas vezes, trás sequelas psicológicas, por exemplo, depressão, dificuldade em manter relacionamentos e até mesmo suicídio. Para por fim a esse tipo de agressão entrou em vigor, em fevereiro desde ano, umalei que obriga às escolas e clubes a combaterem não somente o cyberbullyin, mas também, o bullying.
Contudo, percebe-se que a lei vigente não funcionará se não houver apoio da família. Muitas vezes intimidações sistemáticas ocorrem por falta de estrutura familiar, por exemplo, a falta de diálogo e o desinteresse dos pais em saber o que o filho faz e vê no mundo virtual. Ademais, poucos sites controlam os conteúdos publicados pelos usuários, facilitando a disseminação de conteúdos ofensivos e dificultando que tais mídias sejam tiradas de circulação. Logo, fica fácil entender que Einstein estava correto ao afirmar que havia se tornado chocantemente óbvio que a nossa tecnologia excedeu a nossa humanidade.
Dessa maneira, fica claro os motivos pelos quais o cyberbullying perpetua na sociedade. Para resolver tal questão é preciso corrigir as imperfeições, afinal, Confúcio bem disse que não corrigir nossas falhas é o mesmo que cometer novos erros. Sendo assim, para dar força a nova lei, em parceria com a Polícia Civil, o Ministério das Comunicações deve aumentar a fiscalização dos sites mais acessados no Brasil, com o fito de garantir que as plataformas possuam ferramentas que retirem e denunciem imediatamente mídias ofensivas e intimas expostas sem o consentimento de quem aparece nelas. Ainda, é dever dos pais regulamentar e inspecionar o que seus filhos andam fazendo nas redes sócias, conversando com eles diariamente.


iany pinheiro
Sou nível 3
Sou nível 3

Mensagens : 22
Data de inscrição : 18/05/2016
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Resolvido Re: Cyberbullying no Brasil.

Mensagem por Juliana Gavassi em Sab 19 Nov 2016, 04:46

Olá,


Segue a versão gratuita de correção. Para uma correção mais detalhada, será necessário adquirir um Serviço Premium que está disponível na Loja do Estudante. Agora, você pode ter uma correção detalhada + explicações e instruções para melhorar a escrita por meio do skype ou hangouts + e-book de Redação + Videoaulas de redação + Bônus. Acesse a Loja do Estudante e escolha o melhor pacote de correção para você.




COMPETÊNCIA
CRITÉRIOS (níveis)
 
 
 


I
Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita
0. Demonstra desconhecimento da norma padrão, de escolha de registro e de convenções da escrita
1. Demonstra domínio insuficiente da norma padrão, apresentando graves e frequentes desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita.
2. Demonstra domínio mediano da norma padrão, apresentando muitos desvios gramaticais, de escolha de registro e de convenções da escrita.
3. Demonstra domínio adequado da norma padrão, apresentando alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita.
4. Demonstra bom domínio da norma padrão, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita.
5. Demonstra excelente domínio da norma padrão, não apresentando ou apresentando escassos desvios gramaticais e de convenções da escrita.
 
 


II
Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
0. Foge ao tema proposto.
1. Desenvolve de maneira tangencial o tema ou apresenta inadequação ao tipo textual dissertativo- argumentativo.
2. Desenvolve de forma mediana o tema a partir de argumentos do senso comum, cópias dos textos motivadores ou apresenta domínio precário do tipo textual dissertativo-argumentativo.
3. Desenvolve de forma adequada o tema, a partir de argumentação previsível e apresenta domínio adequado do  tipo
textual dissertativo-argumentativo.

4. Desenvolve bem o tema a partir de argumentação consistente e apresenta bom domínio do tipo textual dissertativo-argumentativo.
5. Desenvolve muito bem o tema com argumentação consistente, além de apresentar excelente domínio do tipo textual
dissertativo-argumentativo, a partir de um repertório sociocultural produtivo.

 
 
 


III
Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
0. Não defende ponto de vista e apresenta informações, fatos, opiniões e argumentos incoerentes.
1. Não defende ponto de vista e apresenta informações, fatos, opiniões e argumentos pouco relacionados ao tema.
2. Apresenta informações, fatos e opiniões, ainda que pertinentes ao tema proposto, com pouca articulação e/ou com contradições, ou limita-se a reproduzir os argumentos constantes na proposta de redação em defesa de seu ponto de vista.
3. Apresenta informações, fatos, opiniões e argumentos pertinentes ao tema proposto, porém pouco organizados e relacionados de forma pouco consistente em defesa de seu ponto de vista.
4. Seleciona, organiza e relaciona informações, fatos, opiniões e argumentos pertinentes ao tema proposto de forma consistente, com indícios de autoria, em defesa de seu ponto de vista.
5. Seleciona, organiza e relaciona informações, fatos, opiniões e argumentos pertinentes ao tema proposto de forma consistente, configurando autoria, em defesa de seu ponto de vista.
 


IV
Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
0. Apresenta informações desconexas, que não se configuram como texto.
1. Não articula as partes do texto ou as articula de forma precária e/ou inadequada.
2. Articula as partes do texto, porém com muitas inadequações na utilização dos recursos coesivos.
3. Articula as partes do texto, porém com algumas inadequações na utilização dos recursos coesivos.
4. Articula as partes do texto, com poucas inadequações na utilização de recursos coesivos.
5. Articula as partes do texto, sem inadequações na utilização dos recursos coesivos.
 


V
Elaborar proposta de solução para o problema abordado, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.
0. Não elabora proposta de intervenção.
1. Elabora proposta de intervenção tangencial ao tema ou a deixa subentendida no texto.
2. Elabora proposta de intervenção de forma precária ou relacionada ao tema mas não articulada com a discussão desenvolvida no texto.
3. Elabora proposta de intervenção relacionada ao tema mas pouco articulada à discussão desenvolvida no texto.
4. Elabora proposta de intervenção relacionada ao tema e bem articulada à discussão desenvolvida no texto.
5. Elabora proposta de intervenção relacionada ao tema e bem articulada à discussão desenvolvida em seu texto, com detalhamento.
Aspectos considerados na avaliação de cada competência





Comp. Ia)  Adequação ao registro
•   Grau de formalidade
•   Variedade linguística adequada ao tipo de texto e à situação de
interlocução.
b) Norma gramatical
•  Sintaxe de concordância, regência e colocação
•  Pontuação
•  Flexão
c) Convenções da escrita
•  Escrita das palavras (ortografia, acentuação)
•  Maiúsculas/minúsculas
Comp. IIa) Tema
•  Compreensão da proposta
•  Desenvolvimento do tema a partir de um projeto de texto.
b) Estrutura
•   Encadeamento das partes do texto
•   Progressão temática
 
Comp. IIIa) Coerência textual (organização do texto quanto à sua lógica in- terna e externa)b) Argumentatividadec)  Indícios de autoria
•  Presença de marcas pessoais manifestas no desenvolvimento temático e na organização textual.
Comp. IVa)  Coesão lexical
•  Adequação no uso de recursos lexicais, tais como: sinônimos, hiperônimos, repetição, reiteração etc.
b) Coesão gramatical

• Adequação no emprego de conectivos, tempos verbais, pontuação, sequência temporal, relações anafóricas, conectores intervocabulares, interparágrafos etc.
 
Comp. VCidadania ativa com proposta solidária, compartilhada e inovadora.  
NOTA: 920 Pontos em 1000 possíveis



Correção detalhada + explicações e instruções para melhorar a escrita por meio do skype ou hangouts + e-book de Redação + Videoaulas de redação + Bônus. Acesse a Loja do Estudante e escolha o melhor pacote de correção para você.

___________________________________________________________

www.clubedosestudantes.com
Olá Convidado,



Leia o Regulamento do Fórum e evite penalizações.
Conheça os integrantes do Clube e trabalhe conosco.
Aprenda a utilizar o fórum. Veja as instruções da FAQ.





Juliana Gavassi
Corretora (Diretora) do Clube
Corretora (Diretora) do Clube

Mensagens : 656
Data de inscrição : 09/05/2014
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum